5 plantas aromáticas para ter dentro de casa

Cultivar plantas aromáticas dentro de casa não é uma tarefa difícil. De fato, existe uma grande variedade de espécies que se adaptam facilmente a essas condições ambientais.

O melhor é que alguns deles podem ser usados ​​na culinária ou medicinalmente. Outros, por sua vez, acrescentam beleza aos espaços. Quais são os melhores?

No entanto, a lista é muito ampla. Nesta oportunidade detalhamos 5 opções, suas características e algumas dicas para seus cuidados. Continue lendo!

As 5 melhores plantas aromáticas para crescer dentro de casa

As plantas aromáticas são conhecidas, em grande medida, pelo seu valor medicinal.

Especificamente, são uma fonte de óleos essenciais cujo sabor e fragrância são utilizados para fins terapêuticos, culinários e cosméticos.

Claro, seus usos e propriedades variam de acordo com o tipo. De qualquer forma, eles são fáceis de cultivar em casa e podem até ser cultivados dentro de casa.

Vamos ver algumas recomendações para plantá-los e as melhores espécies.

Dicas para plantar plantas aromáticas de interior

Antes de entrar em detalhes sobre os tipos de plantas aromáticas para o interior da casa, convém fazer algumas considerações gerais para o seu cultivo.

Embora seja verdade que cada um tem suas particularidades, existem algumas dicas que podem ser aplicadas em todos os casos;

Localização: Embora algumas cresçam bem na sombra, o ideal é escolher um local onde a luz natural entre. Áreas próximas a janelas são boas escolhas, principalmente porque também permitem ventilação.

Drenagem: Um detalhe que não pode ser ignorado ao plantar em vasos é o sistema de drenagem. Sem ele, a umidade fica presa e pode afetar a saúde da planta.

Irrigação:  a frequência de irrigação é um detalhe muito importante. Não é correto fazê-lo diariamente, pois o excesso de umidade danifica as raízes. Na maioria dos casos, a irrigação 1 ou 2 vezes por semana é suficiente.

Se o tempo estiver muito quente e a planta estiver visivelmente seca, ela pode ser regada com mais regularidade.

  1. Cebolinha

A cebolinha é uma das plantas aromáticas mais recomendadas para crescer dentro de casa.

Destaca-se pelo seu sabor particular a cebola, embora o seu aroma seja mais suave, é uma fonte de vitamina C, proteínas solúveis e antioxidantes.

A nível culinário, recomenda-se temperar peixes, carnes e sopas. Também pode ser incorporado em saladas e receitas de vegetais. O melhor? Sua manutenção não é complicada. Requer pouco sol, cerca de duas horas de luz direta são suficientes e se adapta facilmente às condições internas.

  1. Lavanda

Uma das plantas aromáticas favoritas para colocar dentro de casa é a lavanda. O seu aroma é relaxante e dá uma sensação de frescura.

Na verdade, acredita-se que ajuda a repelir insetos, como mosquitos e mosquitos.

O que está comprovado é que contém óleos voláteis que ajudam a acalmar o estresse e a ansiedade. Além disso, ela tem potencial como anti-inflamatório natural.

Ao cultivar esta planta, considere que o vaso deve ter um bom sistema de drenagem. A lavanda é bastante sensível ao excesso de água. É mesmo suficiente regar uma vez por semana ou até que o substrato seque.

  1. Coentro

O coentro como um alimento funcional com propriedades promissoras para o bem-estar. Isso, em referência ao seu teor de compostos bioativos com efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios, neuroprotetores e ansiolíticos, entre outros.

Especificamente, é uma das plantas aromáticas mais utilizadas na cozinha. Seu aroma é forte, assim como seu sabor. Acompanha muito bem carnes, sopas, saladas, legumes e peixes.

O cultivo interno é relativamente fácil. Basta introduzir uma mistura de turfa e areia em uma panela com um bom sistema de drenagem. Não é necessário regá-lo regularmente. Você tem que esperar até que a terra esteja seca.

Quanto à luz, requer cerca de 4 ou 5 horas de sol diariamente. Por isso, o ideal é tê-lo perto de uma janela.

  1. Alecrim

O alecrim é uma das plantas aromáticas valorizadas pelas suas propriedades medicinais. Além disso, é ideal para jardins dentro de casa. Seus galhos são usados ​​para dar sabor a sopas, ensopados, receitas com legumes e carnes.

A planta possui fitoconstituintes que lhe conferem atividade anti-inflamatória, antioxidante, antimicrobiana, antiproliferativa e antitumoral.

No entanto, requer mais cuidados do que outras espécies. Para ser mais exato, precisa de 5 a 6 horas de luz direta.

Sua rega deve ser moderada, pois o excesso de umidade apodrece suas raízes. Mesmo assim, não é bom deixar o substrato secar completamente.

Compra 100% Segura

Sistema de criptografia avançado

Garantia de Troca Total

Garantia de 7 dias após recebimento

Entrega em todo Brasil

Frete com Rastreamento em todo o Brasil